4 de Janeiro – Dia do Hemofílico

Dia do Hemofílico

Comemorado na data de 4 de Janeiro, o dia do Hemofílico tem como objetivo chamar a atenção a um grupo de doenças hereditárias que impedem a coagulação do sangue e prejudicam o corpo dificultando a sua circulação, causando hemorragias difíceis de serem estancadas.

Explicasse a maior incidência em pacientes do sexo masculino porque os homens tem apenas um cromossomo X enquanto as mulheres possuem dois cromossomos X. A probabilidade de uma mulher nascer com dois genes defeituosos é quase nula.

Não há cura para a Hemofilia, porém hoje existem tratamentos que demonstram respostas positivas. O controle da doença é feito através de injeções regulares dos fatores de coagulação deficientes e dependendo o grau da doença pode ser necessário tratar com injeções de plasma.

Os sintomas mais comuns são:

  • Sangramentos desproporcionais ao tamanho das lesões;
  • Hematomas em partes do corpo mesmo sem trauma aparente;
  • Dor e inchaço nas articulações.

Lembre-se:

Nosso corpo costuma nos dar sinais de que algo não está funcionando como deveria, ao menor sinal, consulte seu médico.

Fonte: portalfmb.org.br

Deixe um comentário