Pressão Arterial cuidados com a saúde

A hipertensão costuma ser silenciosa, e os sinais de alerta muitas vezes não são percebidos.
Tontura, falta de ar, dor de cabeça: você já deve ter ouvido alguém relacionar esses sintomas à pressão alta.
Sim, eles podem ter alguma ligação com o quadro. Mas o fato é que, na maioria das vezes, uma pessoa que sofre de pressão alta não apresenta sintomas de doenças cardíacas ou outros indícios que acusem o problema. E é aí que mora o grande perigo dessa doença.
Se não for controlada, ela pode reduzir a expectativa de vida.
A hipertensão (pressão alta) atinge 30% da população adulta no Brasil e já na faixa etária acima dos 60 anos, esse índice chega a ultrapassar os 50%, números que preocupam e requerem cuidados, pois quando o sangue circula com a pressão elevada, ele vai machucando as paredes dos vasos sanguíneos, que se tornam endurecidos e mais estreitos. Com o passar do tempo, se o problema não for controlado, os vasos podem entupir e até se romper, o que pode causar infarto, insuficiência cardíaca e angina (dores no peito).
Se o vaso afetado estiver localizado no cérebro, a consequência é um AVC (acidente vascular cerebral).
A hipertensão pode provocar também insuficiência renal ou paralisação dos rins e ainda distúrbios na visão, que podem levar à cegueira.
Cuidar da saúde é importante por isso alguns hábitos saudáveis também ajudam na qualidade de vida como:
Não fumar;
Manutenção do peso adequado a sua estatura;
Exercícios físicos regulares;
Alimentação saudável e
Evitar as situações de estresse.
Ações simples e de fácil realização que podemos começar hoje.
Ainda vale lembrar que não é correto a automedicação em casos de hipertensão e/ou suspeita , pois em casos que seja necessário o uso de medicamentos, o médico é quem fará a indicação após uma avaliação. Hipertensão é coisa séria.

Fonte: SBN, SBH, Hcor

Deixe um comentário