Mulher Empreendedora – A força das mulheres no empreendedorismo

Você sabia que as mulheres representam 48,7% do mercado empreendedor? São mais de 30 milhões de empreendedoras em todo o Brasil. Somente em 2020, com o início da pandemia do novo Coronavírus, o empreendedorismo feminino cresceu 40%, de acordo com o levantamento da Rede Mulher Empreendedora.

E por mais que esse aumento represente o protagonismo feminino no mundo dos negócios, ele não vem sem desafios. Principalmente, porque a maior parte dos projetos que surgiram durante o período veio da necessidade. Com isso, muitas mulheres se viram obrigadas a embarcar em uma dupla jornada: conciliar o empreendedorismo e o cuidado com a família, já que, em muitos casos, elas são as principais provedoras, ou até mesmo as únicas.

Como consequência, a saúde mental fica em segundo plano e os efeitos são sentidos a curto, médio e longo prazo. De acordo com uma pesquisa realizada pela Troposlab, a população feminina é a que mais sofre mentalmente dentro do empreendedorismo.

São 28,5% de mulheres empreendedoras com sintomas de ansiedade, contra 22,2% dos homens que são donos de negócios. Além disso, elas também sofrem mais com a depressão: 10,4% de mulheres relataram que lidam com a doença, contra 3,4% dos homens.

 

Deixe um comentário